Início Finanças Renda como autônomo descubra como comprovar

Renda como autônomo descubra como comprovar

Renda de atônomo deve ser comprovada como qualquer outro negócio, sempre atento aos requisitos e buscando também seus direitos. Nesse artigo vamos lhe mostrar todas as informações necessárias para fazer tudo corretamente.

Trabalhar como autônomo tem muitas facilidades, mas é uma grande dificuldade do ambiente comprovar renda. Quando você precisa solicitar um cartão de crédito, financiar ativos ou abrir um empréstimo, o comprovante de renda é importante. Mas como comprovar a renda de trabalhar como autônomo?

Para comprovar a renda como autônomo é preciso saber com o que está gastando

Antes de provar a renda, você precisa fazer despesas demonstrativas. O dinheiro que passa por suas mãos precisa ser registrado em algum lugar, por isso é muito importante desenvolver o hábito de depositar em sua conta.

Mas isto não é o suficiente. Até no supermercado R$ 5,00 pode parecer uma bobagem, você precisa usar a conta para pagar a despesa. O fluxo de caixa operacional em seu nome é muito importante.

Use extra bancário para comprovar renda

Agora você aprendeu como transferir contas bancárias e desenvolveu o hábito de criar e salvar extratos mensais. A forma como sua conta é operada lhe dirá muito sobre sua receita e extratos de conta e, mesmo se eles vierem de bancos concorrentes, sempre será solicitada sua ajuda. A comprovação da receita no extrato será apurada por meio de variações mensais.

Declare seus impostos para comprovar renda

Se você está isento do pagamento do imposto de renda, que é enviado ao IRS uma vez por ano, saiba que ainda pode fazer isso. Na maioria dos casos, o imposto de renda é a melhor prova de renda que você pode enviar, mas sempre reflete o ano anterior.

Portanto, é melhor levar o extrato bancário com você para mostrar a situação atual. As declarações de impostos podem ser contatadas diretamente com os contadores.

Notas Fiscais e comprovantes de pagamento em seu nome

Desde o comprovante do aluguel até o recebimento do voucher da loja local não incluso no SPC. O ideal é assinar e preencher esses pagamentos, pois eles comprovam não apenas sua renda, mas também seu histórico de altos salários.

Para emitir uma fatura em seu nome, você pode fazer um pedido em um grande supermercado (como um atacadista, loja, etc.). Nesse caso, basta indicar sua caixa de previdência em suas notas.

Renda como autônomo descubra como comprovar DICAS

Faça o DECORE para comprovar renda como autônomo

DECORE é a abreviatura de Declaração de Percepção de Renda, que é um comprovante de renda para pessoas sem CNPJ ou vínculo empregatício.

É preenchido por um contador licenciado e serve como prova final de renda. Este incrível documento é melhor do que a soma de todos os seus extratos bancários, pois está sob a orientação de um contador que coleta informações reais. Junto com o DECORE, ainda é importante ter a certidão de imposto de renda.

Aumenta suas chances de ser aprovado

A comprovação de renda por si só não resolve os problemas de aprovação de financiamentos, solicitação de crédito e abertura de contas. Portanto, aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a aprovar, e você pode seguir essas dicas todos os dias em seu trabalho diário sem fazer alterações regulares.

Cadastro Positivo – O Cadastro Positivo é uma forma criada pela SERASA em seu site para fornecer aos consumidores uma forma de comprovar automaticamente um bom pagador. Nele, desde que você gere uma foto de recibos, contas pagas e contas em seu nome, você pode enviá-los.

Este registro é importante porque aumenta sua pontuação SCORE, que é usada para determinar se você é um bom pagador ou um mau pagador. Quanto mais alta for sua pontuação, melhores serão suas chances de passar.

Evite atrasos na conta e CPF negativo – quando sua conta nominal estiver atrasada ou protestada, a PONTUAÇÃO sempre será reduzida. Portanto, é importante manter sua conta em dia e não atrasar nenhuma conta.

Veja Também: Empréstimo pessoal com mais facilidade