Início Aplicativos 5 melhores antivírus para proteger sistema de sua empresa

5 melhores antivírus para proteger sistema de sua empresa

Nesse artigo vai descobrir os melhores antivírus, pois do mesmo jeito que tranca o escritório, instala alarmes e cofres, sendo tão essenciais para a empresa, deve considerar o uso de software antivírus eficiente também.

Para a sua empresa, o melhor software antivírus deve garantir que o seu negócio esteja protegido nas atividades online e nas redes de comunicação interna, tal como num ambiente físico (caso tenha instalações, frotas ou armazéns).

E o software deve fornecer algumas funções básicas para que você possa proteger seu negócio sem encontrar oponentes incômodos.

Uma solução que ofereça boa proteção e alta disponibilidade (amigável) é a melhor escolha. Isso significa que o seu software antivírus não deve apenas ser capaz de detectar efetivamente o malware mais comum (programas ou código malicioso), mas também o chamado malware emergente que está constantemente sendo criado na rede.

Importância de um sotware antivírus de fácil instalação

Por esse motivo, é importante que o software seja fácil de instalar, configurar e usar para gerenciar com eficácia as atualizações e os recursos mais adequados para o seu negócio.

Bom desempenho, bom suporte técnico e bom preço são outros requisitos que precisam ser procurados. É essencial que o software antivírus não torne os computadores da empresa muito lentos e afete a eficiência dos funcionários.

Ao escolher uma solução de proteção, tente garantir que o preço inclui suporte técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana, porque você nunca sabe quando uma emergência ocorrerá, e tente garantir que o pacote que você adquiriu inclua o máximo de recursos possível.

Por exemplo, criptografia de e-mail. Todo software antivírus possui um pacote de software específico, independentemente de serem atividades online, podendo ser adaptado a qualquer tipo de negócio.

Fornecemos 5 sugestões, que você deve avaliar com base nos requisitos acima. Recomendamos que consulte o AV test, que publica os resultados dos testes anuais realizados nos principais tipos de antivírus do mercado.

1. Norton Symantec

É um dos softwares antivírus mais populares e mais antigos usados ​​pelas empresas, por isso é fácil de conectar e integrar com outros produtos de segurança dedicados criados pela Symantec.

Ele fornece um protocolo de criptografia automática de e-mail compatível com a maioria dos softwares de e-mail. Encontre mais aqui.

2. McAfee

O software fornece proteção confiável e boas funções de configuração, mas é acusado de exigir que o dispositivo forneça alguns recursos para executar suas tarefas de varredura e atualização, reduzindo ligeiramente o desempenho do computador.

Se você gosta de seus outros recursos, pode resolver essa situação agendando uma varredura para algumas horas de pouco uso. O usuário enfatizou o fato de que a tela não deve ser abatida alertando-se sobre os chamados falsos positivos ou o fato de ter sido detectada alguma anormalidade, de forma a solucionar o problema sem alertar constantemente as tentativas de invasão. Saiba mais sobre esta opção aqui.

3. Avast

Considerado um dos softwares antivírus mais famosos e confiáveis ​​da Internet, o Avast oferece uma série de boas funções básicas e é muito fácil de gerenciar, o que o torna uma das opções mais fáceis de usar.

Ele tem um problema, ele não possui os recursos de segurança mais complexos já disponíveis em outros programas. Para enfatizar este ponto, fornecemos suporte técnico ininterrupto 24 horas por dia, 7 dias por semana, e geralmente apresentamos uma boa taxa de detecção de vírus nos testes. Encontre mais aqui.

4. Bitdefender

Ótima opção para pequenos negócios. O software tem uma boa classificação em termos de desempenho e proteção contra malware detectado. Se você precisa gerenciar vários dispositivos móveis ou redes mais complexas, esta solução é menos eficiente. Encontre mais aqui.

5. Kaspersky

Poucas pessoas parecem apontar esse software de origem russa porque ele oferece boa proteção sem afetar a velocidade de instalação do equipamento.

Ele também possui uma série de funções avançadas que podem levar o gerenciamento de segurança da sua empresa ainda mais longe. Uma das melhores opções que apontamos aqui, mas isso requer um investimento inicial um pouco maior. Saiba mais sobre esta opção aqui.

5 melhores antivírus para proteger sistema de sua empresa

Você sabe o que é um ataque de phishing?

Alguns ataques cibernéticos podem causar danos à empresa. É difícil conseguir 100% de proteção, mas você pode andar por aí. Aprenda a evitar ataques de phishing.

Ataques de phishing em empresas estão se tornando mais frequentes. Mesmo grandes empresas multinacionais e gigantes da mídia não conseguiram escapar de tais crimes cibernéticos.

As projeções de empresas especializadas em segurança técnica indicam que o aumento desses ataques contra o ambiente de negócios estimula os empresários a prestar mais atenção às brechas de segurança que podem ocorrer dentro da organização.

Phishing o que é?

O nome de phishing é derivado da palavra em inglês “phishing”, que significa phishing. Essa expressão pode nos ajudar a ver visualmente hackers caminhando na Internet, tentando “phishing” no acesso a senhas ou outras informações confidenciais.

Com isso, permitindo que eles entrem na rede interna da empresa ou no computador privado. Usando esse tipo de informação, os hackers poderão entrar em áreas de acesso restrito da rede e até mesmo instalar softwares de controle nos computadores que permitem o acesso.

Depois de entrar no sistema, ele está livre para fazer o que quiser. Desde pedir resgate até não revelar informações confidenciais, até destruir e descartar todo o servidor. É difícil prever o que acontecerá se a segurança for violada. Mas como funciona a “isca” usada por hackers para phishing?

Saiba como ocorre os ataques de pishing

O objetivo dos hackers é obter dados confidenciais, para que se façam passar por entidades ou indivíduos conhecidos e confiáveis ​​e enviem e-mails, SMS ou MMS para alguém de dentro da empresa.

Essas mensagens geralmente exigem que o destinatário atualize ou verifique as informações em sua conta relacionadas à empresa ou marca que ele já conhece.

Chegaram a dizer que se não verificassem ou atualizassem as informações, poderiam pressionar a pessoa e ser punidos de alguma forma.

A pressão mais utilizada é para dizer que se a vítima não fizer nada perderá uma campanha ou promoção; ou se mandar mensagem via SMS, se não cancelar o contacto com a empresa, passa a pagar diariamente através O link ou site indicado.

Essas iscas usam fórmulas simples e eficazes para direcionar os usuários a um site de aparência legítima, onde podem ser solicitados a preencher um formulário muito semelhante ao formulário original.

Eles também podem convidar a pessoa a entrar em contato com empresas relacionadas por meio de um determinado número de telefonemas. Ao fazer uma chamada, a vítima precisa de um gravador automático para auxiliar, o gravador pedirá dados de confirmação de conta pessoal, o sistema é muito semelhante a algumas soluções de home banking.

Outra técnica de phishing muito comum e eficaz é o envio de um e-mail ou mensagem SMS por uma pessoa que se faz passar por colega ou até pelo próprio patrão, solicitando alguns dados pessoais para processar salários ou acesso a determinados departamentos.

Geralmente, todos esses tipos de mensagens têm o fato de parecerem reais e, uma vez aceitas pela vítima, podem armazenar o máximo de informações possível, que serão gerenciadas no interesse do “pescador” no futuro.

Veja Ainda: Aprenda remover vírus do Android com 5 passos